Under Armour negocia redução e não descarta rescisão com o São Paulo

A Under Armour, fornecedora de material esportivo do São Paulo, quer renegociar o contrato válido até dezembro de 2019. A intenção da empresa é reduzir os valores acertados em 2014 para continuar a parceria. Já o São Paulo deseja a manutenção do acordo ou o pagamento da multa rescisória.
Empresa e o clube discutem o assunto desde maio e a previsão é de um desfecho para a próxima semana. Caso a parceria seja interrompida, a Under Armour teria de pagar a multa e acertar com o São Paulo um prazo no qual garantiria o fornecimento de material esportivo, enquanto o clube negocia com outra empresa para substituí-la.

O São Paulo recebe aproximadamente R$ 15 milhões em dinheiro da fornecedora e R$ 12 milhões em material esportivo por ano. A empresa argumenta para tentar diminuir os valores que a economia do país, a Copa do Mundo no Brasil e o momento do Tricolor no futebol foram fatores que influenciaram na ocasião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *